Sobre

Este blog foi colocado no ar em 2016, fruto da minha inquietação sobre como as empresas, órgãos governamentais e as mais diferentes entidades agem e trabalham. Resolvi escrever criticamente sobre o que vejo, que é, muitas vezes resultado dessa tal de gestão, que é, no fundo, a responsável pelos diferentes resultados: lucro (ou prejuízo) para quem quer lucro, bons (ou péssimos) serviços prestados, especialmente no serviço público, clientes satisfeitos (ou insatisfeitos), sucesso, propósito… e por aí vai.

No subtítulo do A Tal da Gestão, Homer Simpson foi parafraseado: “um brinde à cerveja: a causa e a solução de todos os problemas”. Uma frase engraçada, mas verdadeira, já que com a gestão acontece algo parecido: quando funciona, todos ficam felizes; mas quando não funciona é capaz de arruinar vidas e empresas inteiras. Ou o que é pior, quando é meia boca o suficiente para manter um nível aceitável de resultados, mas terrivelmente incompetente para não fazer as coisas de forma inteligente.

Aqui a intenção é analisar, contar histórias, especular de forma a provocar reflexões a partir, muitas vezes, do óbvio. Claro, não nos esquecemos que as organizações são, como diz o clichê, feitas de pessoas. Uma boa gestão vem de decisões inteligentes feitas por pessoas. Por isso, uma observação perspicaz sobre o que as pessoas fazem, sobre como decidem, sobre como se comportam também faz parte da matéria-prima do A Tal da Gestão. O curioso é notar como mesmo pessoas muito inteligentes, principalmente juntas, são capazes de tomar decisões e fazer coisas que contrariam ao puro bom senso.

A ideia é não ficar restrito à gestão e à administração, até por que, acredito que um dos grandes problemas que geram a má gestão é essa visão compartimentada das coisas. Por esse motivo, sempre que possível, busco trazer uma visão mais ampla, integrada e sistêmica do que vemos no dia a dia. A ideia é que as pessoas interessadas em gestão (ou mesmo professores, estudantes, profissionais e outros curiosos) possam refletir para, no fim das contas, tomar melhores decisões e fazer um trabalho melhor.

Melhorar o mundo passa, necessariamente, por melhorar a gestão e por melhorar o que fazemos nos nossos trabalhos, em casa e em todos os lugares que frequentamos. Soa um pouco pretensioso, mas a intenção é provocá-los para isso. Sejam bem vindos, portanto, ao A Tal da Gestão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s